22.11.09


Ele tomava tanto café, que a cor e a frieza da água o assustavam desesperadamente.

Nenhum comentário: