30.5.09

Uma manhã e quatro linhas!


Será que se eu falasse que tomei ‘um café e um guaraná pra me animar’ soaria repetitivo?
Acordei na hora que eu geralmente durmo e adiei minha primeira refeição como é de praxe. Mas há tempos não sentia o gosto de café nas primeiras horas da manhã! Café amargo pressupõe verdades duras em dias cruéis.

4 comentários:

Flor disse...

Só tomo café com açucar, com afeto. =)
Dói o estômago.
Mas está tão delicado e sutil.

Beijo grande.

Lorena N. disse...

Concordo com você!
Aliás, eu, pelo menos, penso que alguns sentimentos são como café, sabes? E o gosto amargo já se tornou permanente.

Beijos :)

Annita disse...

Faz tempo que não tomo um bom café amargo.

Faz tempo que não passo por aqui. Uma pena.

Ramon Talles disse...

Falar em café para quem trabalha (estuda) com informática é como falar de banana pra macaco. São termos indissociáveis.=D

Blog do Ramon Talles