15.6.08

' quero não saber de cor também...


Eu quero: Tantas coisas que nem consigo enumerar.


Eu tenho: amigos que são irmãos.


Eu gostaria de ter: um pouco mais de paciência


Eu gostaria de não ter: tantas ironias nas palavras ditas


Eu acho: que o mundo só não é melhor, porque não querem que ele assim o seja.


Eu odeio: fazer coisas por obrigação, as injustiças, quando me dizem que estou errada, o uso demasiado de prepotência...


Eu sinto saudades: de grandes momentos que sempre faça reviver na memória.


Eu faço: varias coisas ao mesmo tempo e nem sempre as termino


Eu fiz e não faria de novo: Melhor nem lembrar as bobeiras que já passaram e não valeram a pena.


Eu fazia e deixei de fazer: passar horas olhando o céu a noite.


Eu escuto: rock, reggae, soul, jazz, mpb, pop, hip hop... E uma infinidade de musicas todos os dias.

Eu cheiro: quase nada, meu nariz fica congestionado a maior parte do tempo.


Eu imploro: pela pacificação mundial!


Eu pergunto-me: as mesmas coisas todos os dias.


Eu arrependo-me: daquilo que devia ter feito e não o fiz.

Eu amo: aqueles a quem eu digo isso!

Eu sinto dor: com aqueles que vivem e nem sabem porque de continuam vivos.


Eu sinto falta: de um tanto de coisas e pessoas que não voltam mais.

Eu sempre: falo mais do que devia.


Eu não fico: esperando muito tempo por ninguém, nem por nada.


Eu acredito: Naquilo que se diz impossível.

Eu danço: Onde eu tiver vontade e da forma mais absurda possível.

Eu canto: no meu tom desafinado... E quem não quiser ouvir, já inventaram os fones de ouvido!

Eu choro: geralmente de raiva.


Eu falho: tantas e tantas vezes, tentando fazer a coisa certa.


Eu luto: Pra ser pelo menos metade daquilo que pretendo ser.


Eu escrevo: pra acalmar a alma.


Eu ganho: Toda noite na mega sena! rsrsrs


Eu perco: Muitas coisas por orgulho barato!


Eu nunca: faço as coisas que devem ter prioridade com rapidez.


Eu estou: sempre com muito sono.


Eu sou: uma sucessão constante de pensamentos.


Eu fico feliz: Quando as pessoas a minha volta, estão também felizes.


Eu tenho esperança: de que o mundo se encontre um dia.


Eu preciso: de oxigênio, de amigos, de dinheiro, de família, de inteligência, de coragem, de paciência etc etc etc...


Eu deveria: ter um pouco mais de paciência e um pouco menos de senso critico.


Eu vou: fazer sempre o que me der vontade

Nenhum comentário: