30.6.08

[...]


Ela pode não ser o que parece ser

Dentro de sua concha

Ela que sempre parece tão feliz na multidão

Com olhos tão pessoais ou tão orgulhosos

Mas que não podem ser vistos quando choram...

Nenhum comentário: