6.2.08

.acho até que estou indo bem.


Tantas e tantas noites a indagar, serão todas as coisas finitas realmente? Ou ainda há a possibilidade de eternizá-las não só apenas em pensamentos? Não falo de infinidade para serem sempre lembradas por isso ou por aquilo, falo de eternidade, aquilo de para todo o sempre. De ser sublimado junto às lembranças e de em nenhum momento ser esquecido. Falo de eternizar algo. Eternizar. Às vezes, entramos em determinadas situações cientes de que à lugar nenhum elas nos levarão, outras acreditamos que estamos no caminho certo e de repente nos damos conta do beco sem saída que nos metemos. Outras poucas conseguimos acertar de primeira. Essa grande difusão de caminhos, atalhos e afins, é subitamente tomada por algo que chamamos de interpretação. É, uma palavra, um ato, qualquer movimento seu, pode ser interpretado e reinterpretado diversas vezes, dependendo apenas da pessoa que está exercendo tal função. Fazemos algo pensando nisso e somos interpretados como aquilo. Dão a isso o nome de liberdade para se pensar, eu particularmente chamo de mal entendidos. São a partir desse “fiz isso para você entender isso, mas você entendeu aquilo”. Porque uma coisa é o seu pensamento, outra bem distinta é qual o pensamento sua atitude irá gerar. Deve ser daí que retiraram aquela expressão: “de boas intenções o inferno está cheio”. Porque quando se trata de pessoas, de mentes diversas, de personalidades opostas, tudo tende a dar ao contrário do esperado, fazemos algo pensando ser certo e para uma grande maioria está errado e vice-versa. Nunca deu certo e nunca dará as tentativas de agradar a todos ou de fazer algo pensando menos em você do que nos demais. Porque aquilo que você é, somente você pode dizer ao certo e quando pode. Por mais que outro lhe conheça, e saiba de você. Em momento algum, ele será capaz de te julgar, como a sua consciência faz. Porque ela sim, é a verdadeira mediadora daquilo que levaremos ou não para eternidade e sem sombra de dúvidas, daquilo que precisará ser trocado. Mudar nunca foi pecado. Quando o fato ocorre para melhorar aquilo que você vem se tornando.

Nenhum comentário: