9.1.08

A Musica desses dias!



Diga adeus e atravesse a rua / Voamos alto depois das duas / Mas as cervejas acabaram, os cigarros também / Cuidado com a coisa, coisando por ai / A coisa coisa sempre, também coisa por aqui / Sequestro o seu resgate / Enveneno a sua atenção / É verbo e substantivo, adjetivo e palavrão / E o carinha do rádio não quer calar a boca / E quer o meu dinheiro e as suas opiniões / Ora, se você quiser se divertir / Invente suas próprias canções / Será que existe vida em Marte? Janelas e hóteis, garagens vazias / Fronteiras, granadas, lençóis / Existem muitos formatos / Que só tem verniz e não tem invenção / E tudo aquilo contra os que sempre lutam / É exatamente tudo aquilo que eles são / Marcianos Invadem a Terra! / Estão inflando meu Ego com ar / E quando eu acho que estou quase chegando / Tenho que dobrar mais uma esquina / E mesmo se eu tiver a minha liberdade / Não tenho tanto tempo assim / E mesmo se eu tiver a minha liberdade / Será que existe vida em Marte?

{ Marcianos invadem a Terra }

Nenhum comentário: